20070731

Your Art is Crap!

Reflexões(?) sobre a expressão artística me dilataram todos os esfíncteres. Ao pé da letra, uma bela conclusão: a Arte é oriunda das extremidades. Sim, originária dos extremos! Das paixões... Catarse! Dos excessos para a ascese. Conceitos são figuras demasiado estéreis. Etéreas. Eis um dos maiores dramas da dita pós-modernidade (sorriso irônico).

1 na trincheira.

Rafael disse...

Assim falou Baudelaire:
"É preciso estar sempre embriagado. Para não sentirem o fardo incrível do tempo, que verga e inclina para a terra, é preciso que se embriaguem sem descanso. Com quê? Com vinho, poesia, arte ou virtude, a escolher. Mas embriaguem-se."