20070831

Sussurra ao pé de meu ouvido...

Sussurra ao pé de meu ouvido
as mais doces palavras,
meu amigo, meu querido
A contemplar a névoa noturna
ainda vislumbro um raro fulgor
Fascinante brilho no firmamento
Na sua efemeridade, surge-me o teu sorriso
a embriagar-me com teu puro Amor
Eis a eternidade
num singelo momento
Único desejo, inextinguível fogo.

És tu! És tu, meu amigo, meu querido!

1 na trincheira.

slavko ou çlavik disse...

...reverências,faço a pequena notável,pequena para aos que ainda não sabem quem és tú...
O HEREMITA!