20080418

Tratamento Ludovico

"A disciplina fabrica assim corpos submissos e exercitados, corpos 'dóceis'. A disciplina aumenta as forças do corpo (em termos econômicos de utilidade) e diminui essas mesmas forças (em termos políticos de obediência)." (Michel Foucault)

"Eles transformaram você em outra coisa que não um ser humano. Você não tem mais poder de escolha. Você está obrigado a atos socialmente aceitáveis, uma maquineta capaz de fazer somente o bem. E vejo isso com toda a clareza - esse negócio dos condicionamentos marginais." (Anthony Burgess)


(Mastigadinho pra quem não compreendeu: eis a tal "lavagem cerebral"... Lembram-se dela, caros druguinhos? Ou tornaram-se criaturas duplipensantes?... Então cuspo tudo nos seus ignóbeis litsos! - Belo govorite, não?)

4 na trincheira.

La anarquia! disse...

Viva o IngSoc:
Guerra é Paz
Ignorância é Força
Liberdade é Escravidão.

Feérica Fuzilêra disse...

O GRANDE IRMÃO ZELA POR NÓS.

Anônimo disse...

Banalidade tempoespacial

"A loucura do artista moderno não é a origem da arte, mas a ausência do trabalho da arte..., o lado exterior, a linha de dissolução, o contorno vazio...,e através da mediação da loucura, o mundo que se torna culpável". (Michel Foucault).

Feérica Fuzilêra disse...

"Não-razão", "desrazão"...
Seriam realmente tênues as fronteiras entre a Liberdade e a convencionada loucura patológica?