20110131

Mestiços


Desenho de minha autoria feito a grafite.

20110124

Inevitável

O acaso é uma sensível instância da subconsciência.

20110122

Né "memo", sô?



Fonte: Ah Negão!

20110121

Miragem.jpg

Viajem nessa viagem.

Entre a "Partida" e o "Adeus", vagos resquícios permanecem.

[Fixem seus olhos naquela simulação desencantada, ali mesmo.
Trem (de) doido!]

20110120

Ab Absurdo

Louvo e legitimo qualquer contra-senso.

Utópica Liberdade de Expressão

De forma historicamente inédita, a atual juventude detém a liberdade de defender a "subcultura" e, contraditória e simultaneamente, a de também abraçar a causa da vigente "pseudocontracultura". Encantadora utopia, pasteurizado "pensamento libertário".
MAS QUE BELO FALSEAMENTO, QUE MAGNÍFICA ALIENAÇÃO!

Eis a graça do prolífico poder de expressão!
Esse palco tem saída, senhores? Apaguem todas as luzes, por favor.

20110119

T(r)emor

(Que tu) tremas!

Trevas?

Trümmer.

Voa, Bicho

VOA, BICHO
Andor
inha voou, voou
Fez um ninho no meu chapéu
E um buraco bem no meio do céu
E lá vou eu como um passarinho
Sem destino nem sensatez
Sem dinheiro nem pra um pastel chinês.

Andorinha voou, voou
Fez um ninho na minha mão
E um buraco bem no meu coração
E lá vou eu como um passarinho
Como um bicho que sai do ninho
Sem vacilo nem dor na minha vez.

Andorinha voa veloz
Voa mais do que minha voz
Andorinha faz a canção
Que eu não fiz
Andorinha voa feliz
Tem mais força que minha mão
Mas sozinha não faz verão.

(Os Borges)

20110118

Françoise "Hard" Hardy


Realmente, chérie, 67 não são pra qualquer uma! A ti, minha bem-humorada homenagem!
Joyeux anniversaire, Françoise Hardy!

20110117

Trollice no Super (Problemas com troco?)


Obra nossa. Dona Nenê "FUCK YEA"!
Baseada em fatos reais.

20110112

Zeus?!

PÉ ante PÉ, a FÉ!
Quem é Zaratustra diante de Deus?

Penada

Pendo e penso.

(Ainda?)

Morro abaixo.

20110107

Memorável

Primeiro parágrafo dum texto que escrevi em mil-novecentos-e-noventa-e-lá-vai-bolinha. Para os Titãs. Bonito, esse resgate!

"Filhos de um Estado Violência cujos Corações e Mentes foram tomados pelo espírito anárquico repleto de Desordem. Porrada na sociedade! Através de suas contundentes composições, confrontam-se com o existencialismo humano, a Miséria e a Polícia. E assim colocam cara a cara Deus e o Diabo."

Aqui, um nostálgico vídeo deles. Canção de 1984 (disco "Titãs") regravada em 1988 (disco "Go Back" - daí, o clipe). Me lembro mui bem dessas imagens! E deixo um recado às crianças que aparecem ali e acolá: somos responsáveis por tudo isso. E então, contemporâneos e distantes amigos, quais são as notícias de lá? Será que incorporam essa mesma e "antiga" sinceridade? Será que são puros o suficiente pra perceberem os males? Será que ainda são vivos?!

"Pureza é um mito." (Hélio Oiticica)

20110104

Portêras

Vamos comemorar os (falidos) 20 anos de Oliver Stone com "The Doors".
Vejam isto. Non plus ultra! Ha-ha!

20110103

Aphorismo 1989 (Cf. 1984)

A gratidão é a face ultrajante da simulação.

Diametrais "ão"s. Diluídos em gratuitos caprichos, por vezes. Transtorno vicioso entre falácias. Modéstias sinceramente relaxadas, assim vejo. Faceirices me desinteressam. Sejam bem-vindos à Era do Duplipensar!

[Sentimentos? Não emulo, não. Grata!]

20110102

Andarandarilharei

Fugaz Vênus. Flor no cabelo.
Desfilante rosto de criança.

Cigana dama-entre-verdes.